Cartas que eu não mando…

Dear,

Não falo com você tem mais de um mês e por mais que nossas conversas normalmente sou eu interessada no que você tem a dizer, sinto sua falta, ou sinto falta de ter alguém como você para conversar.

Minha vida está a passos de mudar 100% e eu queria compartilhar isso com você, mas sinto que não é a hora. Sinto que estragaria uma “bala” te contando. Você não fica online, o que me faz pensar que você está trabalhando demais em seu novo projeto e espero que esteja tudo bem contigo.

Sonhei com você ano passado, acho que foi no dia das mães, sonhei com você e meu sobrinho, nesse dia eu disse para minha irmã sossegar o coração dela que Deus tinha me mostrado o filho dela, mas não disse para ninguém que você estava dentro da casa, do meu sonho, ali você era minha família, há dois dias minha irmão confirmou que está grávida de um menino, tal qual no meu sonho, daí você me voltou a memoria, voltou para minha vida, diferente do que era ano passado, diferente de tudo. Você voltou dentro dos meus sonhos. romance1

Sonhei conosco deitados em uma cama, e passávamos horas conversando sobre diversas coisas, e eu não queria acordar. Sonhei com você hoje e sinto uma vontade de dormi no intuito de quem sabe sonhar com você novamente.

Lembro do que aconteceu ano passado. Lembro que não conseguir me despedir de você, lembro do último momento em que eu demorei meu olhar em ti. Lembro do vacilo que eu dei não indo falar com você. Lembro de você. Queria que você gostasse de mim, queria que você me amasse, queria que fosse de verdade.

Pode ser que não seja você, olhando de forma clara, não é. Você mora longe, nunca me deu uma chance, sempre deixou claro que não acredita em relacionamentos a distancia e todas as coisas que conversamos.

O tempo passou e eu ainda ando pensando em você. Penso que canso de pensar e penso que você não pensa em mim… não machuca, não mais. Passou. Seguir. O problema é que você tem me perseguido dentro dos meus sonhos, o BB te trouxe de volta e eu lembro de como eu fiquei destruída e de como eu odiei não te odiar por não me amar.

EM frente e avante, sem planos, sou eu e o presente mais o futuro que me reserva mais surpresas do que um dia eu pude imaginar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s